Oi, tudo bem? Pode me chamar de Yuni ou de Jon. Tenho 14 anos, moro no Rio Grande do Sul e sou uma otaku sem vida social que passa tipo 100% do tempo pesquisando e escrevendo sobre shipps 2D *gay cof cof*. Eu também tenho uma vida meio bizarra e algumas dessas bizarrices vieram parar na internet (porque hoje em dia literalmente tudo vira motivo pra aparecer na internet), e esse é meu blog pessoal, o Folk Potato. Se quiser me ver passando vergonha, basta abrir qualquer uma das postagens e aproveitar.

Janaiaban

desenhado por mim e digitalizado/colorido pela Ren

Quem é 'Janaiaban'?


Janaiaban é um nome que literalmente não tem significado, mas tem muito mais significado do que um monte de nomes por aí já pode virar tatuagem -q. O nome foi decidido da forma mais aleatória possível, por uma brincadeira que surgiu entre amigos. Estávamos nós do squad (eu, YuuAlone, Mi e Lilian) zoando e drogadas de tanto rir porque era basicamente o que fazíamos sempre que todas estavam online e como de costume, a Yuu acabou rindo uma palavra um pouco bizarra, JANAIABAN, que decidi que seria meu nome de demônio. A partir desse dia, o nome do squad se tornou Seita da Janaiaban e sim, a Janaiaban sou eu. "Yuni sua louca, como que teu mascote é tu mesma?" A questão é que originalmente a demoniazinha nem estava planejada pra ser mascote do blog, but como tudo nessa vida é questão de imaginação, ela passou de uma OC minha e se tornou minha ajudante.

  • Espécie: Demônio Doll
  • Gênero: Andrógeno
  • Idade: Desconhecida
  • Aniversário: 24/03

O que é um demônio doll?

Demônios doll são literalmente demônios que se originam de fusões entre sentimentos e objetos. Cada criatura desse tipo possui uma forma física e de aparência neutra — as ditas "bonecas" — , que somente ganha vida ao fazer contrato com um ser humano e conhecer suas emoções. Ao contrário das demais espécies de demônio, não se alimentam da alma daquele com quem fazem contrato e jamais são capazes de desfazer um pacto, morrendo logo nos primeiros dias de vida quando não conseguem um contratante. Grande parte das espécies os considera aberrações que surgiram a partir da evolução e reprodução de outros demônios, embora sua história tenha começado há séculos atrás.

Há muito tempo, em uma pequena aldeia escondida, uma criança nasceu. Desde o nascimento, a pequena já era amaldiçoada por todos que ali viviam — nascera surda e não conseguia se comunicar com as crianças; e seu pai tomou a decisão de assassinar o próprio filho em frente a todos que ali viviam, para assim acabar com qualquer possível transtorno. A mãe, que vinha sendo atormentada por um estado terminal de câncer antes mesmo do nascimento do pequeno, lutou com todas as suas forças para que isso não acontecesse e fugiu levando o mesmo em seus braços.

Mesmo em meio a dificuldades, a mulher chegou até um casebre que parecia abandonado, no qual decidiu esconder-se com o bebê. O que esta não esperava é que ali vivia um velho, o qual confeccionava bonecas. Desencantada com sua própria situação, entregou-lhe o inocente que carregava em seus braços e suplicou que a ajudasse, pois estava morrendo. O homem espantou-se com o estado da criança, mas respondeu-a que poderia criar a pequena em seu lugar. Satisfeita, a mulher repousou em sono eterno.

O primeiro demônio doll nasceu ali, ao ver a satisfação daquela mulher. Na verdade, seu filho estava morto desde o início; mas a mãe lutara para que alguém, pelo menos uma pessoa, o aceitasse da forma que era. Por nascerem e se fortalecerem através de sentimentos, são considerados frágeis e muitas vezes são abusados por humanos, por não ter outra forma de desfazer o pacto senão a morte.

Como conheci a Janaiaban?

[ E M  B R E V E ]

Mascotes Amiguinhos